© Design de Laura Machado | Criado com Wix.com

12 Fatos sobre mim (Wattpad)

September 15, 2016

  

Eu já fui desafiada umas mil vezes, mas nunca tinha obedecido por várias razões. Primeiro, não sou muito fã de correntes e desafios (talvez essa informação devesse estar entre os 12 fatos sobre mim). Segundo, eu também não gosto muito de fazer capítulos* em histórias minhas que não são realmente parte da história. Mas, como já tive que fazer algumas vezes, achei que mais uma não seria um problema.

 

A última razão de eu quase não ter feito esse desafio de novo foi por ter tido muito problema tentando encontrar doze fatos interessantes sobre mim! Não sou das pessoas mais interessantes do mundo, mas juro que também não sou fútil (mesmo que você fique com essa impressão no final desse capítulo!). Juro. Jurandinho.

 

Mas agora que a Kath Gray e a Kamila Lübe se juntaram para me desafiar, me dei por vencida! (Se você também já me desafiou, deixa um comentário! Foram tantos, que é difícil de lembrar!)

Vamos lá?

 

1. Vou começar admitindo um péssimo defeito meu: sou uma terrível leitora. Ou seja, é muito difícil para mim ler um livro inteiro! Não sou muito curiosa e sou tão hiper ativa que até me coça pensar em passar muito tempo lendo uma coisa só. Além de que - não me odeiem por isso - mas eu quase nunca me interesso de verdade por outras histórias. É muito difícil eu mergulhar em um livro e me importar mesmo com o que vai acontecer. Mas, é claro, isso já aconteceu antes várias vezes, afinal, em algum momento eu descobri o mundo da literatura! E pelo menos todos os livros do Harry Potter estão na minha biblioteca!

 

2. Já estudei cinco línguas estrangeiras (inglês, espanhol, alemão, francês e italiano). De todas, minha pior é o italiano, da qual só fiz dois níveis, enquanto a melhor é inglês, que amo com todo o meu coração. Eu fiz um intercâmbio de dez meses para aprender as outras três na Europa em 2011 e conto a história disso tudo no meu livro Inquieta.

3. Amo viajar mais do que conseguiria expressar! Aprender línguas deve estar muito ligado a isso. Mas eu sempre gosto de viajar para lugares históricos, para cidades com concreto e prédios antigos (de preferência na Europa!). Detesto natureza. E a minha cidade favorita é e sempre será Berlim (tenho até uma tatuagem em homenagem - e planejo fazer outras).

 

4. Eu tenho onze tatuagens! Parece muito, mas elas são todas pequenas, ainda que bem visíveis. Odeio ter que explicar e listar cada uma, porque são várias, mas vou me esforçar.

Nos meus dedos, tenho escrito glück (do alemão, sorte/fortuna - e está com o G minúsculo para ser quase um passo para glücklich), RHCP (red hot chili pepers, a banda) e um coração. Nos pulsos, tenho escrito restless (inquieta) no direito e invincible (invencível) no esquerdo - sim, o nome dos livros sobre meu intercâmbio vieram daí! De lado, no pulso, tenho um avião de papel no direito (não é pelo Harry Styles! Haha, é pela ideia de sonhar. Quero tatuar a silhueta de um avião normal no outro pulso quando publicar meu primeiro livro - que vai simbolizar realizar o sonho) e a palavra BERLINer no outro, que significa 'berlinense'.

Tenho também uma escama de peixe atrás da orelha direita, que vem do meu signo peixes (minha mãe tem a mesma tatuagem, mas no pulso) e o número 182 embaixo da outra orelha (Blink-182 - fiz essa com uma amiga, que tem o número na outra orelha). Nossa, já estou cansada! Haha, mas faltam só duas! Uma na clavícula, o osso que leva do pescoço ao ombro. Essa é a minha grande favorita. Está escrito 'mad to live', uma referência ao Kerouac (a epígrafe do meu livro A Herdeira do Trono fala dessa parte do livro dele, mas está em português), e a fonte é de máquina de escrever, porque ele escrevia assim (e eu sou apaixonada por máquinas de escrever!). A última é a palavra Slim no meu calcanhar direito, em referência ao Eminem (também conhecido como amor da minha vida). Ufa!

 

 

 

5. Por falar nisso, eu sou completamente apaixonada por música, apesar de ser uma negação para tocar instrumentos. Fiz aulas de bateria quando era adolescente, mas logo desisti e tive que aceitar que nunca saberia tocar nada. Nem me importo, na verdade. Estou feliz só ouvindo músicas que me fazem sentir como se estivesse no topo do mundo e pudesse, a qualquer instante, aprender a voar. Gosto de músicas assim. E rap. Como eu amo rap!

 

6. Eu amo cachorros. Assim, AMO. Nem sei como alguém tem a coragem de preferir gatos! De todas as coisas que me fazem querer desistir da humanidade, essa é definitivamente a pior! Cachorros são os bichos mais maravilhosos do universo! Eu tenho uma vira-lata chamada Paçoca que é, sem dúvidas, a coisa mais linda que já existiu! E, se dependesse de mim, todo mundo só poderia adotar e nunca comprar cachorros.

 

7. Tá interessante até agora? Haha. Vamos falar de vícios! Sou viciada em café, séries, esmaltes e mais café. Minhas séries favoritas são Friends, Seinfeld, The New Adventures of Old Christine, Orphan Black, Gilmore Girls, Grey's Anatomy e tantas outras que eu não saberia nem me lembrar de todas! Se não fosse pelo Banco de Séries, estaria perdida! Outra coisa que está virando vício para mim é pintar meu cabelo! Sempre pintei de ruivo (desde os 14 anos pelo menos), mas agora pintei as pontas de roxo e já estou louca para experimentar de novo! Sou do tipo que não tem muito medo de errar nisso e faz tudo em casa! De tingir a descolorir e cortar! Pode-se dizer que a culpa é da cafeína constante em meu sistema.

 

8. Também AMO futebol americano. Não costumo ter ciúmes de nada, mas eu simplesmente ODEIO quando alguém torce para o mesmo time que eu. Sério. Pensa em uma pessoa louca de ciúmes que não quer deixar ninguém nem OLHAR para o amor da vida dela! Sou eu! Com os New York Giants.

9. Vamos falar de coisa boa? Amo histórias de princesas e realeza (acho que todo mundo já percebeu) e de sereias! Simplesmente adoro sereias! Queria ser uma - se o oceano não fosse cheio de animais nojentos - e ainda pretendo escrever uma releitura de A Pequena Sereia, um dos poucos desenhos que eu adoro. Meu personagem favorito é o Sabichão. Quero um de pelúcia!

 

 

 

10. Tá quase acabando! Será que já falei de tudo que podia? Haha, não, ainda não falei que detesto casamentos! Me lembrei desse, porque era o tema quando eu participei dos Concursos da página romancebr. Detesto mesmo, acho tudo muito brega e desnecessário, além de completamente impessoal. Mas, apesar disso, assisto sempre a reality shows do Home & Health (AMO), incluindo os de vestidos de casamento, e sou a maior fã de romance do universo! Sempre leio livros pela história de amor! E não existe nenhuma melhor do que a da Elizabeth Bennet e do Sr. Darcy. Simplesmente.

 

11. Só mais dois, hein? Talvez eu devesse falar que nasci em Minas Gerais, na cidade de Poços de Caldas no dia 15 de Março de 1991, mas que me mudei para Campinas-SP quando tinha seis anos. Sempre volto para Minas (vou para lá esse final de semana, talvez), mas continuo em São Paulo. E amo a capital!

 

12. Última e uma das mais importantes: eu sou feminista. Completamente. Com muito orgulho. E julgo quem não é (tá, nem tanto). Mas é uma missão minha quase sempre criar personagens que são ou se tornarão feministas, que vão lutar pela causa e que tem sororidade (e muita!). Detesto quem julga mulheres e perdoa todas as besteiras masculinas, quem acha que mulher tem que ser perfeita e não tem o direito de ser humana e quem tenta colocar uma mulher contra a outra. Igualdade de gêneros é o mínimo que a gente deveria ter em pleno Século XXI.

 

 

 

FATO EXTRA: Eu não sou muito fã da Taylor Swift (apesar de adorar os gifs!). Quem vê pelas minhas histórias e minha participação no projeto1989 pode achar que eu a idolatro. LONGE disso. Amo as músicas delas, em especial algumas. Mas isso não significa que eu a ache uma deusa (não acho). Tão lindo poder escrever uma história baseada em Out of the Woods sem precisar passar por um teste de fã!

 

SEGUNDO FATO EXTRA: Tenho um problema ENORME com regras dos outros. Sempre acabo criando as minhas próprias e fazendo as coisas do meu jeito. Por exemplo, escrevi quatorze fatos e misturei outros entre cada um. Haha, complicado lidar comigo, né? Todo mundo acha.

 

 

*Este post foi publicado como um capítulo na história Diário de uma Princesa Escondida no Wattpad.

 

 

 

Please reload

Curta

Sobre a Autora

Laura Machado

Laura Vieira Machado nasceu em Minas Gerais em 1991. É formada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina, de São Paulo. Fala cinco línguas e, quando tinha vinte anos, foi morar na Europa durante dez meses, alternando entre Alemanha, França e Espanha, aproveitando para visitar vários outros países e colecionar memórias inesquecíveis. Na Inglaterra, fez questão de conhecer a casa onde morou Jane Austen, uma de suas autoras preferidas. É mais viciada em café do que Elisa Pariseau. Assiste a muitas séries e não conseguiria viver sem música. É apaixonada por livros românticos e intensos. Escreve o que lhe dá vontade de ler.

Siga a Autora

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • skoob

A Princesa Escondida

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Sobre o Livro

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Para comprar,

clique aqui.

A Princesa Escondida

Você concorda? Discorda? Quer falar alguma coisa? Deixe um comentário ou me mande uma mensagem por aqui.