© Design de Laura Machado | Criado com Wix.com

RESENHA: Trilogia Jogos Vorazes (COLLINS, Suzanne)

July 14, 2017

Essa é a última trilogia da qual eu preciso falar, já que todo mundo leu antes de mim! Mesmo assim, queria deixar aqui minha opinião (principalmente do terceiro livro!).

 

Aliás, olha que edição linda essa metálica!

 

THE HUNGER GAMES - JOGOS VORAZES:

 

Quase nem escrevi uma resenha para este livro, porque ele definitivamente não precisa. Não tenho nada para falar que já não foi falado!

 

Jogos Vorazes merece toda a fama que tem. Eu li com expectativas enormes, depois de já saber a história (porque tinha visto o filme) e ainda amei! Passei o livro inteiro ansiosa, a partes dos jogos me deixou louca de frio na barriga e medo pelo que aconteceria em seguida (o que é bem tonto da minha parte, porque eu já sabia o final!), e poucos livros conseguem isso.

 

Uma coisa que chamou bastante minha atenção e me surpreendeu foram os personagens, como eles são complexos e diferentes do que eu esperava. Já vou direto ao segundo livro, porque mal posso esperar para ver como eles vão se desenvolver e evoluir daqui para a frente!

 

 

CATCHING FIRE - EM CHAMAS:

 

Eu definitivamente nem precisava vir aqui, já que toda a fama que essa trilogia e especialmente este livro têm é totalmente válida e merecida! Mas acho que é parte do meu ritual vir escrever uma resenha depois de terminar de ler um livro.

 

Eu já tinha assistido o filme desse livro antes de ler, apesar de fazer mais de dois anos. Então, quando algumas coisas aconteceram, eu já esperava um pouco. Não me lembrava bem de tudo, mas não chegou a me surpreender como seria para as pessoas que nunca viram o filme. Me arrependo até de ter visto antes, porque esse livro ficaria ainda mais incrível se eu não soubesse da história.

 

Mas, mesmo assim, ele não me decepcionou em nada. Pelo contrário, o ritmo é perfeito, li mais de trezentas páginas no mesmo dia e queria ter lido mais. Acho sempre incrível quando um livro consegue suportar todas as expectativas da fama que ganhou, e esse ainda ultrapassa. Vou começar o terceiro agora, mas já sei que essa trilogia vale ouro e merece ainda mais reconhecimento do que já tem. Não me surpreendo agora de pensar em quantas distopias e triângulos amorosos que foram inspirados nela. Faz total sentido!

 

MOCKINGJAY - A ESPERANÇA:

 

Eu queria amar esse livro tanto! Só comecei a ler Jogos Vorazes depois de já ter visto os dois primeiros filmes, o que não me atrapalhou, mas conseguiu me impedir de ficar surpresa com as coisas que aconteceram antes (mesmo que não me lembrasse muito delas). Então, quando peguei esse livro para ler, esperava amá-lo mais do que os outros dois, só pelos acontecimentos serem completamente inesperados. Para aumentar minha expectativa, baseado na qualidade dos outros dois livros anteriores, eu mal podia esperar para descobrir como seria o final e a solução para a tudo. Até então, essa autora tinha conseguido manter um nível muito, mas muito alto mesmo para a história.

 

Então foi um pouco decepcionante quando tudo foi resolvido rápido demais e sem a presença da protagonista.


Acho que agora é um bom momento para dizer que pelo menos uns três quartos do livro são perfeitos! No mesmo nível que os outros e de um jeito que vai construindo sua antecipação, fazendo tudo ficar cada vez mais em risco. E aí, quando acontece uma coisa ruim (e que deve ter partido o coração de muita gente), a história simplesmente pula para depois da solução (da guerra, não da coisa ruim que aconteceu). Sem batalha épica, sem grandes planos. Mesmo que o que tenha acontecido tenha sido importante, não deveria ter substituído uma resolução mais complexa e bem desenvolvida.

 

Daí para a frente, tudo passa rápido demais. Tudo vira um tipo de resumo da história, com poucas cenas mais presenciais. Nem deu muito para entender tudo que mudou em Panem, talvez nem tenha mudado muito. E, o que me decepcionou ainda mais, o romance foi resolvido meio de qualquer jeito.

 

Quer dizer, a última cena do livro é linda, sim. Mas fazer a Katniss "escolher" (aspas porque, vamos admitir, foi meio que escolher o que estava ali) um por causa de algo que o outro fez foi triste. Ninguém quer ser escolhido assim. E o romance, que teve momentos ótimos e com muito potencial durante a trilogia inteira, principalmente neste último, acabou sendo resolvido por um resumo do que aconteceu e com a clara sensação de que os dois só ficaram juntos por falta de opção.

 

A minha expectativa (criada antes e durante a leitura) se despedaçou quando eu percebi que não teria um momento épico no final, que o romance que tinha passado por tanta coisa difícil e ruim não teria muito significado e que a razão da última parte se chamar The Assassin era a que eu imaginei que seria antes da metade do livro.

 

Vou repetir só para ninguém achar que eu odiei o livro, tá? A maior parte dele é perfeita! E o final não é terrível, só não foi tão bom quanto deveria ser e me deu a impressão de estar faltando algumas páginas. Mas ainda fico bem feliz de ter lido os livros e ainda amo essa trilogia! Algum dia ainda vou querer reler.

 

Ao todo, eu dou à trilogia nota 4,5 - e só tirei meio por causa do final do terceiro livro.

 

 

Please reload

Curta

Sobre a Autora

Laura Machado

Laura Vieira Machado nasceu em Minas Gerais em 1991. É formada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina, de São Paulo. Fala cinco línguas e, quando tinha vinte anos, foi morar na Europa durante dez meses, alternando entre Alemanha, França e Espanha, aproveitando para visitar vários outros países e colecionar memórias inesquecíveis. Na Inglaterra, fez questão de conhecer a casa onde morou Jane Austen, uma de suas autoras preferidas. É mais viciada em café do que Elisa Pariseau. Assiste a muitas séries e não conseguiria viver sem música. É apaixonada por livros românticos e intensos. Escreve o que lhe dá vontade de ler.

Siga a Autora

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • skoob

A Princesa Escondida

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Sobre o Livro

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Para comprar,

clique aqui.

A Princesa Escondida

Você concorda? Discorda? Quer falar alguma coisa? Deixe um comentário ou me mande uma mensagem por aqui.