© Design de Laura Machado | Criado com Wix.com

RESENHA: The Dazzling Heights (MCGEE, Katharine)

November 22, 2017

Esse livro é o segundo da trilogia The Thousandth Floor. A resenha do primeiro está aqui.

 

Este é bem daquele tipo de livro que você quer ler a todo instante que conseguir, mas que nunca quer que acabe! Vou admitir que amei o primeiro, muito mesmo, com todo meu coração! Chamaria de guilty pleasure, se eu não tivesse o maior orgulho desse amor! Mas eu li mais de quarenta livros desde o primeiro e cheguei a duvidar desse amor, pensar que talvez tivesse sido coisa de momento, que eu nunca gostaria desse segundo como o primeiro. Quando peguei The Dazzling Heights para ler, estava tão animada que queria sair pulando pela casa. Mas aí, logo que abri na primeira página do prólogo, me bateu um medo enorme do livro me decepcionar! 

 

 Mas, não, The Dazzling Heights não me decepcionou nem um pouco! Pelo contrário, esse livro serviu para confirmar meu amor pela trilogia, para me lembrar por que eu tinha me apaixonado e o quanto eu me importo com esses personagens!

Ele me lembrou que, apesar de serem a parte mais importante de cada livro para mim, são poucos os personagens que conseguem me cativar completamente. E esses são quase como meus amigos! Eu sofri tanto nesse livro, pensando em quem poderia ter morrido como contava no prólogo (igual no primeiro), porque eu tinha uma lista enorme de pessoas que não podiam morrer, que eu protegeria com toda a minha força!

Para falar a verdade, eu achei que quem morreu poderia ter impressionado mais, a história dessa personagem poderia ter tido um pouco mais de impacto desde o começo, quando só teve no final. Mas eu não estou nem aí porque minha listinha de favoritos está protegida por enquanto e isso é tudo que importa!

Antes de falar de cada personagem, vou falar do enredo! Adorei viajar para outros lugares do mundo nesse livro, adorei as diferentes experiências de cada um e também da Calliope, que não estava no The Thousandth Floor, mas chegou para arrasar já! Eu também adoro o ritmo dessa história, o quanto a escrita é viciante e te envolve, mas o ponto alto é como os personagens cheios de defeitos têm desenvolvimento do começo ao fim! É muito estranho pensar em como eles eram nos primeiros capítulos e quem viraram no final e como isso é coerente! Minha própria opinião deles mudou junto, e isso é maravilhoso!

(ATENÇÃO: essa resenha não tem spoilers nem para o primeiro livro, mas talvez você consiga deduzir algumas coisas por simples eliminação daqui para a frente, já que vou mencionar os personagens por nome - apesar de que não vou mencionar nada além do que está na sinopse. Então, se quiser parar de ler, super entendo!)

A maior surpresa para mim foi a Leda. Depois do final do primeiro livro, achava que ia odiá-la profundamente e sofrer em cada capítulo dela! Mas, antes do final, eu já tinha colocado ela na minha lista eterna dos personagens que precisam ser protegidos para sempre e me recusava a aceitar que ela fosse a vítima! E ainda shippei ela com um cara muito amado também! Meu segundo casal favorito da história.

Minha favorita continuar sendo a Rylin, apesar de ela ter tido pouquíssimo destaque nesse livro! Mas a Avery, em compensação, apesar de ter tido momentos bem interessantes no primeiro livro, virou um saco para mim nesse. Ela só consegue pensar em uma coisa - em um cara, - e isso ficou bem irritante! Ela não está na minha listinha e eu estava torcendo para ser ela quem morria!

Sobre os personagens masculinos, esse livro também conseguiu me lembrar do quanto eu tinha amado o Cord e de como ele é injustiçado por não ter mais cenas dele ou ponto de vista dele nos livros. Eu estou realmente considerando comprar a nova versão em papel do primeiro livro para poder ver um capítulo pelo ponto de vista dele!
O Watt também está incrível como no primeiro, adoro muito a história dele! E agora eu estou louca para ver o que acontece com ele no próximo livro!
Já o Atlas, meu deus do céu, como ele é inútil e irritante! Igual a Avery, não tem nenhum interesse além daquele único e não serve para nada! Honestamente, não sei como as pessoas em volta deles podem ser tão encantados por esse par de personagens sem graça e insuportáveis.

 

 

No final das contas, preciso admitir que esse livro foi inteiramente delicioso e me fez dar mais valor ao primeiro também! Os dois são maravilhosos! Eu não costumo colocar mais de um livro da mesma série/trilogia na minha lista de favoritos, mas os dois merecem! Nunca vou conseguir explicar o suficiente o quanto me divirto com eles, como sou apegada aos personagens! Por mim, essa série teria milhares de livros - mas com menos mortes, porque eu estava realmente tensa pelo livro inteiro, torcendo loucamente para não ser minhas personagens favoritas e lutando contra minha vontade de ir ler o final e descobrir quem era!

Se você gostou do primeiro livro, corre para ler esse, porque é uma continuação incrível, no mesmo nível, parece que o primeiro nunca acabou!

Please reload

Curta

Sobre a Autora

Laura Machado

Laura Vieira Machado nasceu em Minas Gerais em 1991. É formada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina, de São Paulo. Fala cinco línguas e, quando tinha vinte anos, foi morar na Europa durante dez meses, alternando entre Alemanha, França e Espanha, aproveitando para visitar vários outros países e colecionar memórias inesquecíveis. Na Inglaterra, fez questão de conhecer a casa onde morou Jane Austen, uma de suas autoras preferidas. É mais viciada em café do que Elisa Pariseau. Assiste a muitas séries e não conseguiria viver sem música. É apaixonada por livros românticos e intensos. Escreve o que lhe dá vontade de ler.

Siga a Autora

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • skoob

A Princesa Escondida

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Sobre o Livro

Primeiro livro da série, A Princesa Escondida foi publicado em Junho de 2017 pela Editora Novo Século, com o selo Talentos da Literatura Brasileira. 

Para comprar,

clique aqui.

A Princesa Escondida

Você concorda? Discorda? Quer falar alguma coisa? Deixe um comentário ou me mande uma mensagem por aqui.